Seminário Nacional Gestão Pública

 

 

O que não se mede, não se gerencia

 

 

A frase do pesquisador americano e pioneiro nos estudos e aplicação de melhorias no âmbito da qualidade, W. Edwards Deming, evidencia o objetivo do I Seminário Nacional de Cidadania e Mecanismos de Controle, que será realizado pelo Departamento de Ciências Contábeis da Universidade de Brasília (UnB) e a Escola de Administração Fazendária (Esaf), no próximo dia 19 de outubro das 9h às 17h, e traz entre os temas os "Impactos da Corrupção e da Lavagem de Dinheiro na Sociedade".

 

O Sistema de governança pública desenvolvido pela UnB estabelece uma medida geral de avaliação para o setor público, condição essencial para a implementação do processo de gestão. Assim como o setor privado tem o Lucro como medida de desempenho, a pesquisa da UnB estabeleceu o Custos comparável para medida de desempenho e avaliação para o setor público.

Essa medida, permite a comparação dos custos das Escolas, Hospitais, Secretarias, Prefeituras, enfim, permite que os gestores e a sociedade possam comparar como foram aplicados os recursos públicos.

No Seminário, a UnB irá disponibilizar sem custos por dois anos, por intermédio do projeto de extensão, uma cópia do sistema Sicgesp/Recasp para 1500 municípios com população inferior a 7.000. O Sistema de governança pública foi desenvolvido para atender ao setor público, atingindo a União, Estados e Municípios.

 

A pesquisa foi desenvolvida pelo Departamento de Economia, Administração e Contabilidade (CCA/FACE), da UnB. “Nesse momento que o Brasil discute e sente a influência do setor público como ator econômico relevante, buscar discutir com os vários atores o aperfeiçoamento do controle social, o combate ao desperdício, a má utilização dos recursos públicos, a corrupção e especialmente melhorar a comunicação com a sociedade no tocante a aplicação dos recursos públicos, é fundamental para construir um país mais justo e pujante”, destaca o professor pesquisador em Custos Aplicados ao Setor Público, Marilson Dantas.

O coordenador do evento esclarece ainda que as discussões do seminário irão contribuir para fomentar a governança pública, o controle social e a busca de uma gestão pública mais eficiente. O seminário é voltado para gestores públicos, prefeitos e pesquisadores do tema.

O seminário também vai abordar: o impacto da corrupção e da lavagem de dinheiro na sociedade e na governança pública; a importância da educação fiscal; a nova contabilidade, governança pública e a sociedade civil organizada.

 

O I Seminário Nacional de Cidadania e Mecanismos de Controle conta com o apoio do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), da Receita Federal do Brasil, e do Conselho Regional de Contabilidade do DF (CRCDF) e da Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite) e terá como palestrantes representantes dos órgãos apoiadores e especialistas sobre o tema.

 

Informações

Site e inscrições: governancapublica.org

Data: 19 de outubro

Horário: 9h às 19h

Local: Auditório da Faculdade de Economia, Administração,  Contabilidade e Gestão Pública (FACE), da UnB, localizado vizinho ao prédio da FD.

Assessoria de Imprensa: Francisca Azevedo (61 98432-3669 e ascomfebrafite@gmail.com)